CERAMIDAS NA NOSSA PELE E EM PRODUTOS COSMÉTICOS

Provavelmente você já viu ou usou algum produto cosmético que continha ceramidas. Mas você sabe o que de fato são as ceramidas? Qual a importância para a nossa pele? Ou por que se usa ceramidas em produtos cosméticos? Se deseja saber as respostas, então continue lendo. Não Perca!

O cuidado com a pele é fundamental em qualquer higiene pessoal na atualidade, pois fortalece os mecanismos naturais de proteção e mantêm a saúde da pele, para um melhor bem-estar, compreendendo desde a limpeza ao tratamento da pele.

Entretanto, apesar de que os produtos cosméticos não devem causar nenhuma alteração na fisiologia da pele, conforme normas e legislações do Brasil, os consumidores estão cada vez mais exigentes quanto aos produtos de aplicação tópica, tal como os de prevenção, recuperação de lesões e danos, sinais de envelhecimento, manchas, entre outros.

É fato que o embelezamento paliativo está perdendo lugar para a cosmética dermatológica, onde a aparência cuidada, juvenil e sustentável se deve a melhorias por dentro.

Por isso, cada vez mais cientistas e pesquisadores estão trabalhando para dominar a fisiologia da pele e seus anexos, buscando por produtos tópicos cujo efeitos são cada vez mais estudados e sua eficácia otimizada através do conhecimento do seu mecanismo de ação.

Portanto, ao trabalhar com produtos cosméticos, é aconselhável ter conhecimento da estrutura e das partes da nossa camada externa.

A PELE

 

pele é considerada o maior órgão do corpo humano e funciona como uma barreira entre o meio ambiente e o corpo humano, possuindo as seguintes principais funções:

Protetora: Barreira à entrada de poeiras e microrganismos. Efeito protetor do calor, frio e das radiações solares.

 

Excretora: Através do suor, ajuda a eliminar as substâncias tóxicas.

 

Termorreguladora: Contribui para manter constante a temperatura corporal.

 

Sensorial: Através de seus sensores nervosos é possível sentir a pressão, a dor e a temperatura.

 

Ela é composta por diversas camadas, sendo dividida nas seguintes partes funcionais principais:

 

 

Extrato Córneo: É a camada mais externa da pele, queratinizada, que impede a penetração de substâncias nocivas de fora. Também presentes nesta camada estão os lipídeos em forma de membranas. Estas gorduras são principalmente constituídas pelas ceramidas, ácidos graxos livres e colesterol, que impedem uma grande vazão da água corporal. Assim, com uma camada córnea bem hidratada tem-se uma pele lisa, elástica e macia.

 

Epiderme: É a camada de superfície, onde células vivas repõem o estrato córneo, migrando à superfície continuamente. Nesta camada ocorre o processo de queratinização, tornando-a especialmente resistente a tração e a brasão. A epiderme representa a principal barreira da pele, nos protegendo contra a entrada de substâncias nocivas do ambiente e contra a desidratação excessiva.

 

Membrana Basal: É a divisória entre a epiderme e a derme, sendo responsável pelos melanócitos que dão cor natural da nossa pele: a feomelanina (melanina vermelha) e a eumelanina (melanina preta).

 

Derme: É a camada intermediária que consiste em fibras de colágeno e fibras de elastina, intercalada por uma matéria gelatinosa de ácido hialurônico e ácido condroitinsulfúrico. A matéria fibrosa proporciona estabilidade e resistência a ataques mecânicos e químicos do nosso ambiente. A derme mantém uma rede fina de vasos sanguíneos que sustentam as células vivas e proporciona elasticidade a pele, absorve choque e ameniza batidas. Esta camada também acomoda diversas células funcionais e glândulas:

Estes componentes formam um filme fino em cima da pele formando uma proteção natural contra compostos químicos agressivos e a disseminação de microrganismo prejudiciais ou até patogênicos.

 

CERAMIDAS NA NOSSA PELE

 

Como vimos acima a pele possui uma barreira natural para proteger nosso corpo e controlar sua hidratação por meio da combinação de várias substâncias. As ceramidas constituem 50% dos lipídios presentes nesta composição presente no estrato córneo da pele, sendo os principais constituintes do mecanismo que controla a retenção e regulação de água na pele. Ou seja, são a “gordura” que reveste nossas células ajudando a protegê-la de todas as agressões.

Dessa forma, as ceramidas possuem um papel fundamental para manter a pele saudável, luminosa e hidratada, pois evitam a saída de água da pele, formando uma barreira de lipídios, conhecida como barreira cutânea, impedindo a perda da hidratação, isolando e retendo a umidade dentro da célula e impedindo que agentes externos e nocivos invadam o organismo. Logo sem elas, há mais chances da pele se tornar ressecada, irritada e com coceira.

Sendo assim, estudos indicam que as ceramidas ajudam a retardar o envelhecimento da pele, pois a presença de umidade nas células do estrato córneo permite a maciez e elasticidade da pele jovem e sadia.

Também presentes nos cabelos, as ceramidas possuem função semelhante e de igual importância na proteção e hidratação dos fios. Encontradas nas escamas da fibra capilar, tem a função de hidratar os fios, nutri-los e deixá-los mais íntegros, além de manter o brilho do cabelo e exercer um efeito antifrizz e antiressecamento.

 

CERAMIDAS EM PRODUTOS COSMÉTICOS

 

A integridade da barreira de proteção da pele pode ser comprometida por alguns fatores internos e externos, tais como: o envelhecimento, a luz solar, variações climáticas extremas, poluição, ressecamento causado por limpeza inadequada, atrito com roupas, estresse e até banhos quentes resultam em uma redução da capacidade do estrato córneo em reter seu conteúdo de umidade ideal, tornando a pele seca e rugosa.

Assim, quando a “gordura” é retirada da pele, causa a quebra das ceramidas, tornando os níveis do lipídio baixo, o que acarreta em uma série de problemas devido ao seu ressecamento, como coceira, vermelhidão e até doenças de pele.

 

 

Dessa forma, as ceramidas são essenciais para manter o tecido saudável, por isso, é importante manter sempre a pele hidratada. Mas, existem casos em que a reposição desse componente é necessária. E para restaurar a barreira cutânea ou evitar que isso aconteça, as formulações cosméticas utilizam as ceramidas em suas composições para que esse potente hidratante seja reposto através da absorção da pele.

Existem várias matérias primas com o INCI (International Nomenclature of Cosmetics Ingredients) “Ceramide” que podem ser utilizadas em formulações cosméticas para a pele e para os cabelos.

Para a pele, a ceramida na formulação irá proporcionar ao produto final um excelente sensorial, deixando a pele sedosa, macia e restaurando sua elasticidade. Já em formulações para os cabelos, as ceramidas auxiliam na selagem da cutícula e melhora a flexibilidade da fibra capilar, dando mais volume e movimento, proporcionando um cabelo com brilho natural.

Veja também “MANTEIGA CORPORAL – HIDRATAÇÃO INTENSA”. 

Deixe seu comentário, dicas e sugestões. Pesquise em nosso Blog e compartilhe com os amigos. Curta nossa página no Facebook e vejas novidades no nosso canal do YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.