DESODORANTES, ANTITRANSPIRANTES E ANTIPERSPIRANTES: QUAL A DIFERENÇA?

Com a correria do dia a dia nem sempre conseguimos evitar o chato problema do “desodorante vencido”, não é mesmo!? Mas, o suor excessivo e o mau cheiro nas axilas nem sempre significam descuido com a higiene pessoal, as vezes estamos apenas usando o produto errado. Por isso, saiba qual a diferença entre desodorante, antitranspirante e antiperspirante e veja qual é o melhor para você. Confira!

 

O suor, que é formado por água (99%) e sais minerais, para o nosso organismo, tem a função muito importante de manter a temperatura corporal e hidratar a pele. Quando acontece sua evaporação, o nosso organismo se resfria e consegue manter seu funcionamento normalmente.

O suor não possui cheiro, portanto o problema do mau odor ocorre no momento em que o suor entra em contato com as bactérias que vivem na nossa pele. Esse encontro produz uma reação química de decomposição dessas partículas que geram então o mau cheiro.

O estresse, a angústia e a tensão são outros fatores que colaboram para o excesso de suor em homens e mulheres. E então como resolver esse problema? É simples, primeiro vamos entender quais as diferenças entre os três principais produtos que encontramos nas prateleiras dos supermercados e farmácias.

 

DESODORANTES, ANTITRANSPIRANTES E ANTIPERSPIRANTES: QUAL A DIFERENÇA?

 

Desodorantes, antitranspirantes e antiperspirantes são produtos de higiene pessoal amplamente utilizados que, teoricamente, são definidos como medicamentos de venda livre de receita médica, desde que a indicação seja para aplicá-los diretamente na pele para reduzir o suor nas axilas.

Em geral, os consumidores confundem a função de cada um deles, portanto entenda a diferença entre eles.

 

*Desodorantes

São produtos baseados em uma formulação hidro alcoólica contendo um agente bacteriostático e perfume, que diminui o odor desagradável do suor em contato com as bactérias da pele, sem diminuir a produção de suor. Ou seja, o desodorante apenas mascara o mau odor.

Utiliza substâncias químicas tais como o triclosan e álcool etílico, porém é preciso ficar atento as informações no rótulo do produto, pois pode ter algum componente que ao entrar em contato com o sol pode provocar manchas e escurecimento da pele.

 

*Antitranspirantes e Antiperspirantes

Os antitranspirantes e antiperspirantes possuem a mesma função, sendo responsáveis por bloquear o ducto da glândula sudorípara impedindo a saída do suor, interrompendo ou diminuindo o fluxo. Ou seja, podem afetar o funcionamento do organismo ao reduzir a quantidade de suor que chega a superfície da pele.

Eles funcionam como inibidores da transpiração e mantêm a pele da axila seca. Estes produtos são mais indicados para as pessoas que sofrem com o suor em excesso.

O mecanismo de redução da sudorese não se baseia em nenhuma alteração fisiológica do organismo, mas sim em um mecanismo físico em que ocorre um bloqueio superficial, facilmente reversível após 7-28 dias sem uso, que forma uma “rolha” de natureza ácida devido ao ingrediente do antitranspirante e antiperspirante.

 

Os principais componentes nesse tipo de produto são os sais de alumínio, além de complexos com sais de ácidos zircônio, referidos como “ativos” no rótulo, porém, é preciso ter atenção a quantidade que será aplicada, pois o excesso pode causar irritação.

 

QUE TIPO DE PRODUTO É MELHOR PARA USAR?

 

Uma dúvida bem comum é na hora de escolher que tipo de produto é melhor para usar: creme, roll-on ou spray? A escolha do produto a ser usado deve ser feita com base nas características de cada pele e nas necessidades e gosto de cada pessoa. Entenda.

 

 1 – Creme

É ideal para pessoas com peles sensíveis. Os cremes são os produtos que mais hidratam a pele não irrita as axilas e, por isso, se depilar as axilas com lâmina, essa é a melhor opção. Tem o mesmo efeito e duração do roll-on.

 

2 – Roll-on

É o mais comum, tem rápida absorção e uma duração superior à do spray, mas por ter um contato direto com a pele, pode ser contaminado com mais facilidade por bactérias.

 

3 – Spray ou Aerossol

Prático e refrescante é opção certa de quem frequenta academias e pratica exercícios físicos por ter a vantagem de secar bem rápido, porém a pressão do jato expelido pelo produto pode causar ardência na pele e manchas nas roupas.

Substâncias básicas comuns como leite de magnésia ou talco com bicarbonato de sódio também ocasionam a morte das bactérias causadoras do mau odor.

 

 DICAS NA HORA DE PASSAR OS PRODUTOS

 

– Se sentir um mau cheiro e não puder tomar banho não passe nenhum produto. Lave as axilas com água e sabão para depois passar o desodorante, antitranspirante ou antiperspirante.

– Preste atenção ao tempo de ação de produto e reaplique uma hora antes para evitar o mau cheiro. Ambientes muito quentes, roupas abafadas e excesso de movimentos reduzem a ação dos produtos.

– Se usar desodorante aerosol, aplique no mínimo a 15cm de distância do local a ser aplicado. O jato do propelente (gás), se aplicado próximo à pele, pode irritá-la.

– Aplique o desodorante, antitranspirante ou antiperspirante após o banho, espere secar para só depois colocar a roupa. Isso para evitar que a roupa fique manchada! Felizmente, alguns desodorantes já foram desenvolvidos com substâncias que evitam manchar os tecidos das roupas, estes, têm como ativo sais derivados de zircônio.

– Não utilize desodorante e antitraspirantes logo após uma depilação. A depilação é um processo agressivo à pele e danifica as camadas mais externas causando um processo inflamatório. Assim, em contato com a pele já irritada pela depilação, pode contribuir por agravar a inflamação. Uma alternativa seria aplicar um hidratante com ação desodorante no local e esperar um tempo (que pode variar de pessoa para pessoa) para diminuir a irritação, e só depois aplicar o desodorante. Já existe no mercado, desodorantes com substâncias anti-irritantes e hidratantes, dê preferência a esses.

Espero que agora você conheça as diferenças entre desodorantes, antitranspirantes e antiperspirante e saiba como escolher qual tipo de aplicação é melhor para o seu tipo de pele e necessidade.

 

Veja também “CARACTERÍSTICAS E CUIDADOS COM A PELE NEGRA”.

Deixe seu comentário, dicas e sugestões. Pesquise em nosso Blog e compartilhe com os amigos. Curta nossa página no Facebook e vejas novidades no nosso canal do YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.