TIPOS DE PELE: QUAIS SÃO E COMO IDENTIFICAR?

Hoje em dia existem diversos produtos cosméticos, dicas e procedimentos estéticos para todos os tipos de situações e problemas. Eliminar espinhas, cravos, manchas, rugas… é só alguns deles. Mas, cada tipo de pele necessita de tratamento e atenção diferente. Por isso, vamos te ajudar a identificar qual o seu tipo de pele para que os produtos e procedimentos sejam direcionados corretamente. Confira!

Conhecer o seu tipo de pele é fundamental para conhecer os cuidados específicos e deixá-la mais bonita e saudável possível. Portanto, conheça abaixo os tipos de pele e descubra quais as características da sua pele peara investir em produtos e rotinas de cuidados adequados.

 

 TIPOS DE PELE

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, os principais tipos de pele são:

 

                 

 

 Normal: É a pele que todos sonham em ter, mas é o tipo de pele menos frequente de se encontrar nos adultos. Cientificamente a pele saudável é denominada eudérmica, porém o termo ‘Normal’ é comumente usado para se referir a uma pele balanceada, ou seja, que apresenta um equilíbrio entre as funções: hídrica (água) e a oleosa (glândulas sebáceas).

Sua aparência é saudável, pois sebo total e umidade são produzidos na quantidade certa e apresenta um tônus adequado de elasticidade. A zona T (testa, queixo e nariz) pode ser um pouco oleosa, mas no geral a pele nem é muito oleosa nem muito seca.

Um bom exemplo de pele normal é a pele das crianças.

 

Seca: A pele seca ou xerose é, dentre todos os tipos de pele, a que requer maiores cuidados, devido a sua tendência para envelhecer mais rapidamente. O termo “seco” é utilizado para descrever uma pele incapaz de reter água no volume necessário e não produzir muito óleo natural.

A pele fica seca, áspera, frágil e facilmente irritada, provocando sensação de desconforto por causa da falta de sebo e, por conta disso, a pele não consegue reter umidade e construir um escudo protetor contra influências externas.

É mais comum a partir dos 35 anos de idade e atinge um maior número de mulheres do que de homens. Ressaltando que o ressecamento da pele pode ser causado por fatores hormonais, genéticos e até mesmo condições ambientais.

A probabilidade de desenvolver rugas e linhas de expressão é maior do que nos outros tipos de pele.

 

 Oleosa: A denominação “oleosa” é usada para descrever um tipo de pele com alta produção de sebo. O excesso de oleosidade é provocado pela hiperatividade das glândulas sebáceas, que produzem mais sebo do que o necessário.

A superprodução de sebo pode ser desencadeada por alguns fatores, tais quais: genética, medicamentos que causam maior produção de sebo na área do rosto, estresse, produtos de maquiagem que causam irritação, bem como mudanças hormonais e desequilíbrios, principalmente no período da adolescência.

Assim como a pele seca, ela também pode vir a ficar oleosa devido a alterações ambientais.

 

 Mista: É o tipo de pele mais comum, sendo uma combinação de características da pele seca com pele oleosa. Algumas regiões são oleosas (principalmente na zona T — queixo, nariz e testa) e na região das bochechas, olhos e boca a pele pode ser normal ou seca.

Essa diferença ocorre devido à produção excessiva de sebo nas partes mais oleosas na pele e nas partes mais secas devido à falta de sebo e consequentemente déficit de lipídios.

 

CARACTERÍSTICAS DOS TIPOS DE PELE

 

Pele Normal

 

A pele normal tem as seguintes características:

 

·        pH fisiológico;

·        Textura lisa, aveludada e suave;

·        Poros finos, praticamente imperceptíveis;

·        Possui boa circulação sanguínea,

·        Elasticidade e brilho natural;

·        Transparência  e frescor uniforme, cor rosada;

·        Sem manchas;

·        Raramente apresenta espinhas e cravos;

·        Sem propensão a sensibilidade.

Pele Seca

 

A pele seca é caracterizada por:

 

·        pH ácido;

·        Fina e sensível;

·        Poros invisíveis;

·        Maior tendência a manchar;

·        Menor elasticidade;

·        Aspecto áspero e opaca;

·        Perda de água em excesso;

·        Vermelhidão;

·        Aparecimento de pequenas rugas;

·        Leve descamação ou áreas escamosas (Pele muito seca);

·    Possibilidade de coceira (Pele muito seca) ou coceira frequente (Pele extremamente seca);

Rachaduras com tendência a formar frestas e calos (Pele extremamente seca).

Pele Oleosa

 

A pele oleosa tem as seguintes características:

 

·        pH alcalino;

·        Textura espessa, brilhante e úmida;

·        Poros visíveis, dilatados, escuros e de tamanho irregular;

·        Maior propensão no desenvolvimento de espinhas internas e externas, cravos e cistos em algumas regiões do corpo;

·        Sensação pegajosa;

·        Propensão de desenvolvimento de seborreia.

Normalmente, ao longo do dia, pessoas com pele oleosa se sentem incomodadas com o brilho excessivo e há a necessidade de lavar, secar ou passar pó compacto no rosto.

 

Pele Mista

 

A pele mista é caracterizada por:

 

·     pH alcalino  na zona T (testa, nariz e queixo);

·     pH ácido  nas laterais da Face;

·     Zona T com característica oleosa: brilho, poros dilatados, espessa e resistente aos agentes externos, presença de cravos e espinhas;

·  Laterais da Face pele normal à seca: opaca, poros pouco visíveis, fina, envelhecimento precoce e rugas finas. Costuma apresentar pontos de vermelhidão, facilidade para descamação e irritação;

·     O clima frio pode tornar os sintomas piores.

 

SABONETE MEL E ARGILA BRANCA

 

A argila branca ajuda a clarear as manchas na pele, além de ser rica em zinco que ajuda na cicatrização da pele. Já o mel é um excelente hidratante e remineralizante, ótimo para quem tem o rosto de pele seca. Portanto, aprenda como fazer Sabonete Mel e Argila Branca.

 

FORMUALAÇÃO:

  QUANTIDADE  
COMPONENTES FASE (%) 100,00 g 1,00 Kg FUNÇÃO
Base Glicerinada Branca para Sabonete A 89,00 89,00 g 890,00 g Veículo.
EDTA Dissódico B 0,20 0,20 g 2,00 g Quelante.
BHT B 0,05 0,05 g 0,50 g Antimicrobiano.
Lauril Metil Isetionato de Sódio B 1,00 1,00 g 10,00 g Surfactante suave.
Óleo Amêndoas Doce B 2,00 2,00 g 20,00 g Hidratante.
Extrato Glicólico Mel B 1,00 1,00 g 10,00 g Emoliente, hidratante.
Argila Branca B 5,00 5,00 g 50,00 g Revitalizante, ação clareadora.
Óleo Essencial Laranja B 1,20 1,20 g 12,00 g Hidratante.
Essência Baunilha C 0,50 0,50 g 5,00 g Perfume.
Koralone LA C 0,05 0,05 g 0,50 g Conservante.
Corante Amarelo C qs qs qs Agente de cor.

 

MODO DE PREPARO:

Em um recipiente esmaltado adicionar a base glicerinada em pedaços e aquecer a 60 – 65°C até completa fusão dos componentes sólidos.

Em outro recipiente adicionar a FASE B e misturar lentamente até completa homogeneização. Adicionar a FASE C e homogeneizar. O corante deve ser diluído previamente em água.

Verter a FASE B +C na FASE A com agitação. Homogeneizar.

Adicionar a mistura em moldes para sabonete e esperar a solidificação.

pH solução a 10% a 5,0 a 6,0.

 

MODO DE USAR:

Espalhar com as mãos ou com o auxílio de uma esponja pelo corpo, massageando suavemente. Em seguida enxaguar até retirar todo o excesso do produto.

Veja também “DICAS PARA LAVAR OS CABELOS CORRETAMENTE”.

Deixe seu comentário, dicas e sugestões. Pesquise em nosso Blog e compartilhe com os amigos. Curta nossa página no Facebook e vejas novidades no nosso canal do YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.